Rita

“Devíamos todos parar um pouco e analisar-nos. Tenho a convicção que, se pararmos todos, para nos estudarmos em conjunto, vamos descobrir energias diferentes e muito interessantes”. Esta é a mensagem que gostava de deixar ao mundo. Um recado que convida à introspecção e à descoberta do que, em conjunto, conseguiríamos certamente mudar.

Joana

“O mais importante de tudo, nesta vida, é conseguirmos abraçar os momentos mais simples. É sentir aquele vento de primavera, a adornar-nos o rosto, e sentir que isso é suficiente para nos sentirmos completos. Acho que a magia da vida é essa: saber aproveitar as pequenas coisas”.