Luana

Se há algo que a faz perder, por completo, a noção do tempo, é passear sem rumo e estar na praia.

Quando tiver para lá dos 70 anos, sente que o que vai importar realmente são o amor e a família. Agora, luta dia após dia pela sua carreira profissional, por estabilidade financeira e pelo sonho de poder construir uma família.

Entre todo o tempo do mundo e todo o dinheiro do mundo, escolhia o primeiro. Assim, não precisava de se preocupar com as horas. “Estava na boa a fazer o que mais gosto!”

E o que mais gosta de fazer? Muitas coisas! Entre elas ouvir a música do fantástico Tony Carreira.