Alberto

Adora correr. Tanto que, com apenas um treino, achou que estava preparado para a sua primeira corrida na terra mãe, em Cabo Verde. A ternura da sua juventude não o impediu de ficar em último, mas a força de continuar foi, e continua a ser, sempre mais forte.